13/11/2019

Uma reunião técnica apresentará o Serviço de Inspeção Municipal Consorciado – SIMC, no próximo dia 19/11 na Câmara Municipal de Vereadores de Ituiutaba. O projeto, que atenderá toda a região, está sendo desenvolvido pelo Consórcio Público Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba – CIDES.

O SIMC vem atender às exigências legais de inspeção das produções agroindustrial dos produtos de origem animal. Sediado em Ituiutaba, junto à Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, no Parque JK, terá sua inauguração oficial no dia 3 de dezembro. 

O serviço, executado pelo CIDES aos municípios consorciados que aderiram ao projeto, irá atender inicialmente a nove cidades. São elas, Campina Verde, Canápolis, Centralina, Monte Alegre de Minas, Prata, Indianópolis, Ituiutaba, Tupaciguara e Santa Vitória. 

Conheça o SIMC

O Serviço de Inspeção Municipal Consorciado – SIMC é projeto regional que vem sendo tratado desde 2015. O instrumento consorcial sempre se mostrou como uma das ferramentas mais viáveis para a implantação deste serviço, baixando os investimentos e aprimorando a gestão técnica do serviço. 

Em audiência com mais de 30 municípios, o Promotor, Dr. Fernando Martins, coordenador regional do Programa Estadual de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon-MG, orientou aos municípios a implantação do SIM – Serviço de Inspeção Municipal, e recomendou o que o mesmo seja feito por meio do instrumento consorcial.

O SIMC vem cumprir aos municípios uma demanda prevista em lei que estabelece “obrigatoriedade da prévia fiscalização, sob o ponto de vista industrial e sanitário, de todos dos produtos de origem animal, comestíveis e não comestíveis, sejam ou não adicionados de produtos vegetais, preparados, transformados, manipulados, recebidos, acondicionados, depositados e em trânsito”.

Serviço:

O que: Reunião Técnica SIMC

Quando: terça-feira 19/11

Onde: Câmara Municipal de Ituiutaba

Contato: Assessoria de Comunicação (34) 9 9322.1653 Petri | (34) 9 8414.9862 Angélica

Fonte: Ascom

Voltar